Marie Simmons


Default

Problemas com sua ereção ou de próstata

Posted by Marie Simmons on

Muitos homens em algum momento experimentam problemas com sua ereção ou outros problemas de próstata. Para alguns, isso só pode acontecer muito raramente, mas outros desenvolveram disfunção erétil ou impotência como é comumente conhecido. A definição de impotência é simplesmente que o sexo não tem sucesso porque o homem não é capaz de enrijecer seu pênis, isto é, impotente. Alguns homens inicialmente têm uma ereção, mas podem perdê-la antes de terem relações sexuais ou, alternativamente, durante a relação sexual.

Existem exatamente dois tipos de impotência:

Impotência primária – problemas de poder com risco de vida
Impotência secundária – os sintomas da impotência apareceram depois

impotência primária refere-se ao fato de que as dificuldades de ereção tem sido em todo o tempo de vida, isto é, o homem é impotente, enquanto a impotência secundária significa que a ereção funcional e forte é bem sucedida no passado e aliviar os sintomas da impotência são publicados em uma data posterior. Em ambos os casos, no entanto, a raiz do problema é que o homem não está de pé adequadamente ou não está de forma alguma. A disfunção erétil é um tópico que é muito pequeno, porque para muitos homens parece ser um grande tabu. A capacidade de conseguir uma ereção é considerada muito masculina e sofrer de disfunção erétil pode até ser vista como perda de masculinidade. Este não é o caso, no entanto, como a disfunção erétil é um desconforto comum. Embora não seja a disfunção erétil real, o desespero sexual feminino é por vezes referido como impotência feminina.

Sintomas gerais de disfunção erétil
Interesse sexual reduzido
dificuldade em conseguir uma ereção
dificuldade em manter uma ereção
Disfunção erétil em um jovem
A disfunção erétil é mais comum em homens mais velhos, mas não é apenas a dor de homens idosos. Mesmo com idades entre 20 e 29 anos, estima-se que cerca de 6,5%, ou cerca de um em cada quinze homens jovens, sofram de algum grau de disfunção erétil . Assim, você pode dizer, sem se preocupar, que a disfunção erétil é um distúrbio tão comum que, se você não sofrer, certamente conhecerá alguém que sofre. Homens jovens podem freqüentemente ter mais tensão por trás da disfunção erétil do que problemas físicos reais.

Default

Ereção é uma propriedade única da raça humana

Posted by Marie Simmons on

A capacidade de manter uma ereção é uma propriedade única da raça humana. Em comparação com outras doenças, a disfunção erétil traz mais desconforto psicológico do que físico, de modo que o tratamento da disfunção erétil nos homens é uma das razões mais importantes para se referir aos terapeutas sexuais. Especialistas da clínica Rostov “Uro-Pro” têm uma quantidade suficiente de experiência, introduzindo efetivamente as mais recentes tecnologias de pesquisa e tratamento das razões pelas quais os homens precisam para tratar a disfunção erétil fraca.

Há uma opinião de que todo ano passado não beneficia o poder masculino, isto é, quanto mais velho o homem, mais fraca sua energia sexual.

Prova disso são os fatos. Segundo as estatísticas, problemas com a função erétil ocorrem em:

mais de 20% dos homens entre 20 e 30 anos;
30% – com 30-40 anos de idade;
mais de 45% – entre 40 e 50 anos;
cerca de 55% em homens com mais de 50 anos.
No entanto, em muitos países do mundo, o indicador da impotência de idade não é tão pessimista. Por exemplo, na Ásia e nas regiões orientais, o sexo está ativo aos 70 e até aos 90 anos! Como prova, pode-se citar um baixo nível de doenças do sistema urogenital, assim como casos comuns de paternidade tardia. O que contribui para isso?

Primeiro você precisa entender os fatores que causam uma diminuição na potência com a idade. Entre as causas da natureza psicológica e orgânica:

predisposição genética;
estilo de vida errado;
nutrição desequilibrada;
desenvolvimento de doenças de fundo de sistemas e órgãos internos;
abuso de maus hábitos;
transtornos psicológicos;
lesões, processos congestivos nos tecidos dos órgãos pélvicos;
tomar drogas que nivelam a função sexual.

As pesquisas confirmam: a ereção (aumento em volumes de um pênis) enfraquece-se ou ausenta-se completamente por causa da capacidade débil dos navios que alimentam o sangue a um pequeno corpo do membro. A elasticidade da albumina, que também está associada à diminuição do nível natural de colágeno e à isquemia dos corpos cavernosos, também é reduzida.

Prostatite, uretrite e outras doenças do aparelho geniturinário – os fiéis predecessores e satélites de disfunção erétil. Reduzir a frequência e a duração das ereções leva a uma rejeição forçada de uma vida sexual ativa, causada, por exemplo, pela relutância do contato sexual de um parceiro. Mas a saúde do marido, antes de mais nada, deve cuidar do cônjuge.

Default

Os fatores de risco para impotência sexual

Posted by Marie Simmons on

Segundo as estatísticas, os homens no nosso país desconsideram mais a sua saúde íntima do que os europeus ou asiáticos. Portanto, distúrbios de potência e várias disfunções sexuais são muito mais frequentes, são detectados em estágios posteriores e avançados.

Uma das condições concomitantes para o desenvolvimento da disfunção erétil é um alto grau de lesão aos genitais, bem como a influência de maus hábitos (tabagismo e álcool).

Além disso, havia uma opinião errada nas mentes dos homens de que, tendo esse problema, iniciar o tratamento para a disfunção erétil é um tipo de reconhecimento do fato de que você não está mais em um cavalo e não pode satisfazer seu parceiro.

Fortes efeitos na esfera íntima e na potência são exercidos por estresses experimentados pelos homens no trabalho ou na vida cotidiana – humor deprimido, manifestações de depressão, falta de sono e fadiga levam à disfunção erétil.

Entre os fumantes, a disfunção erétil ocorre 15-20% com mais frequência.

Com mais de 40 anos, as causas orgânicas da disfunção erétil começam a dominar, entre as quais a aterosclerose, o diabetes mellitus e o declínio do nível de testosterona relacionado à idade têm um papel fundamental.

Uma causa específica separada da impotência em homens com mais de 60 anos é a remoção radical da próstata no câncer desse órgão. Uma operação pode danificar os nervos que fornecem uma ereção. As melhores oportunidades para a prevenção da disfunção erétil proporcionam operações endoscópicas e robóticas. Quanto maior a idade e quanto maior o escopo da intervenção, mais freqüentemente a impotência se desenvolve após a operação. Tratamentos alternativos (crioterapia, braquiterapia) não dão os melhores resultados.

Você sabia que dois em cada nove homens sofrem de problemas de ereção? Após 40 anos, cada terceiro representante de uma forte metade da humanidade já experimentou impotência ou disfunção erétil (ER). Infelizmente, quanto mais velho o homem, maiores as chances da doença – de 4% a 9% entre a geração mais jovem e de 70% a 85% entre os setenta anos de idade. É necessário cuidar da sua saúde no tempo. A disfunção genital é apenas um eco de doenças mais complexas: ataque cardíaco, câncer de próstata, doença hepática e diabetes. Além disso, a falta de ecologia, má nutrição, depressão, estresse e outros fatores complicam o trabalho do sistema urinário e reprodutivo.

Default

A proteína principal não pode ser absorvida pela pele

Posted by Marie Simmons on

A proteína principal não pode ser absorvida pela pele: sua estrutura molecular é muito grande. Se você manchar a pele, ela permanecerá como um agente protetor. Isso não é ruim, mas você pode ficar hidratado com uma variedade de outros ingredientes, por isso vale a pena considerar como usar o colágeno dentro dele. Nos centros médicos, às vezes, as injeções de colágeno são usadas para remover linhas de rugas e cicatrizes. Existe um método de aplicação na forma de curativos com col ágeno para feridas crônicas, necróticas ou podres e queimaduras de segundo grau.


O que acontece na pele começa de dentro para que você possa simplesmente ajustar seu plano de alimentação adicionando algumas substâncias que promovem o colágeno:


Vitamina C: laranjas, morangos, pimentos e brócolos
Prolina: clara de ovo, carne, queijo, soja e repolho
Vitamina A: produtos de origem animal
Antocianidinas: amoras, mirtilos, cerejas e framboesas
Cobre: ​​amêijoas, nozes, carne vermelha

Conheça também sobre O que é Colageno Hidrolisado.


Além disso, seu corpo precisa de proteína de alta qualidade, que contém os aminoácidos necessários para criar novos tipos de proteínas. Carne, aves, frutos do mar, laticínios, legumes e tofu são excelentes fontes de aminoácidos. É importante reduzir a quantidade de açúcar consumida, o que interfere na idade de regeneração do colágeno, além de evitar a luz solar direta e o fumo. Como suplementos especiais, o colágeno hidrolisado é mais utilizado, vendido em farmácias na forma de pó. Informações sobre eficácia e segurança são controversas, portanto, tenha cuidado com isso. É melhor discutir com seu médico.

Macrófagos absorvem e digerem
Os aminoácidos produzidos nesse processo estão envolvidos na construção de células e na regeneração do colágeno. Em um corpo jovem e saudável, o ciclo de destruição e síntese é de cerca de 1 mês, e a troca de colágeno é de 6 kg por 1 ano. Após 25-30 anos, a dissimilação aumenta constantemente e gradualmente começa a predominar sobre a síntese, com o resultado de que, com o aumento da idade, o conteúdo dessa proteína na pele diminui gradualmente. Recuperação de colágeno na meia idade já se aproxima de 3 kg.


Suas fibras são destruídas e se tornam rígidas e frágeis, danificadas, colágeno fragmentado se acumula, fazendo com que a pele se torne menos durável e elástica, adelgaçante, sua frouxidão, manchas, secura devido à perda de capacidade protéica para segurar moléculas de água, rugas são formadas. A ptose (flacidez) resultante dos tecidos reduz a tensão mecânica das células, leva ao seu colapso (colapso) e danos aos fibroblastos que regulam a síntese de colágeno. Assim, o círculo vicioso se fecha. Portanto, o colágeno é chamado de proteína da juventude.

Default

Sua saúde com Maca Peruana

Posted by Marie Simmons on

Saúde da próstata
Um dos problemas mais comuns enfrentados pelos homens é a hiperplasia prostática, que é uma condição na qual a próstata é aumentada. Estudos mostraram que consumir maca pode ajudar a reduzir o aumento da próstata. Acredita-se que a maca atue nos receptores androgênicos da próstata, impedindo assim a ligação de hormônios que leva ao aumento da próstata.

construção muscular
A maca também é conhecida por ter propriedades de construção muscular incríveis, sendo rica em proteínas bioativas que promovem o crescimento muscular natural. Raízes de maca compreendem de 18 por cento das proteínas, o que torna um suplemento popular entre os construtores de corpo e atletas. Juntamente com a força muscular, aumenta a energia e melhora o desempenho do exercício e resistência também. Certifique-se de consultar o seu médico ou um especialista em saúde antes de decidir tomar qualquer suplemento.

Bom para a saúde óssea
A osteoporose é uma doença que afina os ossos e atinge frequentemente os idosos. A massa óssea e o tecido ósseo tendem a secar à medida que envelhecem e a saúde óssea em geral é afetada. Rica em cálcio, magnésio, ferro, potássio e sílica, a Maca fortalece seus ossos e previne o risco de doenças relacionadas aos ossos.
No entanto, alguns estudos alertaram contra o consumo de maca, se você tem tireoide. É importante consultar o seu médico antes de decidir consumir maca e também a dose segura para a sua saúde.

A Maca Peruana contém 10% de água, 59% de carboidratos, 10 a 14% de proteína, 8,5% de fibra alimentar e 2,2% de gordura.
Uma porção de 7 g (1 colher de sopa) de pó de raiz de maca contém 20 calorias, 4 g de carboidratos, 1 g de proteína e 0 g de gordura.
A maca é rica em cálcio , potássio , ferro e iodo . Ele também contém cobre, manganês, zinco, vitamina C, riboflavina ( vitamina B2 ) e tiamina ( vitamina B1 ).
A maca contém 20 ácidos graxos diferentes (incluindo os ácidos linolênico, palmítico e oleico) e 19 aminoácidos.

Default

O treinamento intervalado de alta intensidade tem sido popular há muito tempo

Posted by Marie Simmons on

Então, você corre há muito tempo e chega a uma conclusão decepcionante: no processo de preparação para a meia maratona ou maratona, você não só pode perder peso, mas também recuperar um pouco. Pode haver várias razões para esse ultraje, mas na maioria dos casos, o ganho de peso – ou uma pequena diminuição de seu insulto – está relacionado à nutrição.

Você dificilmente pode perder peso se você acha que um corredor pode comer qualquer coisa, recompensar-se por treinos duros e como resultado comem regularmente mais do que você gasta. Por exemplo: a porção média do cheesecake de Nova York contém 470 calorias. Para queimá-los, você precisará rodar 7,5 km! No entanto, não são apenas sobremesas altamente calóricas – mas também barras energéticas de muesli, porções gigantescas de macarrão, salgadinhos de junk food e qualquer outro alimento que você consuma em excesso com o pensamento de que durante a corrida “tudo vai arder”.

Lembre-se de que a regra básica da perda de peso continua a mesma: para reduzir a quantidade de massa gorda, você precisa gastar mais energia do que consome. Isso significa que qualquer atividade física só funciona em conjunto com uma dieta sensata. Em defesa do excesso de corredores, eu gostaria de dizer que permanecer dentro da razão não é fácil: afinal, quanto mais corremos, mais queremos comer, e nem todos conseguem pela primeira vez estabelecer uma dieta balanceada adequada ao esforço físico.

Um treino ativo de 10 a 15 minutos em termos de aceleração do metabolismo é frequentemente mais eficaz do que uma corrida de uma hora ou alguma ioga pensativa da mesma duração.

Nos EUA, o treinamento intervalado de alta intensidade tem sido popular há muito tempo.Treinamento de Intervalo de Alta Intensidade ). São exercícios em que curtos períodos de atividade máxima são intercalados com curtos períodos de descanso.

Rapidamente espremido do chão 20 vezes – descansou por 20 segundos – novamente torceu 20 vezes. Ele pulou a corda por um minuto com velocidade máxima – descansou por 15 segundos – novamente um minuto de saltos. 4-5 ciclos desse tipo uma vez por dia (ou até mesmo uma vez a cada dois dias ) são suficientes para que o metabolismo acelere significativamente após duas semanas.Sprints regulares aumentam o metabolismo .

As causas da aceleração são diferentes. Em particular, a absorção de lípidos e glucose é melhorada.Metabolismo de alta intensidade na obesidade induzida por dieta – aqueles “tijolos” dos quais, se não forem dominados, a gordura vem junto. Além disso, o corpo se acostuma a consumir mais oxigênioTreinamento de Intervalo de Alta Intensidade – o queimador de gordura principal. Por causa disso, o consumo de calorias após um treino curto mas intenso aumenta dramaticamente e por um longo período (de algumas horas para um dia).

Default

Se você quer apenas se livrar de quilos extras e não quer esperar

Posted by Marie Simmons on

Se você quer apenas se livrar de quilos extras e não quer esperar, então eu não aconselho você a usar esses métodos . No mínimo, será muito difícil para você consertar o resultado, que você conseguiu de maneira emergencial em poucos dias, e o peso retornará. Em tais casos (dos quais a maioria), recomendo usar métodos comprovados de alimentação saudável . Você será capaz de normalizar seu peso, efetivamente consolidar o resultado e, geralmente, melhorar sua saúde, descobrindo habilidades que você só poderia sonhar antes.
Aqueles que estão dispostos a gastar tempo perdendo peso – por favor, aqui .
Aqui, proponho permanecer apenas para aqueles que realmente precisam perder peso muito rapidamente, e não o incomoda que isso possa ser breve e inseguro. Então, vamos entender como perder peso de forma rápida e eficaz.
Como perder peso de forma rápida e eficaz? Extremo baixo

  1. Restrição de fast food, farinha e doce. Você não vai acreditar, mas muitos daqueles que querem perder peso precisam apenas recusar junk food. Em 2-3 semanas de uma dieta saudável normal, você pode perder 5 ou mais quilos sem recorrer a outros métodos. A vantagem deste método é que é bom para a saúde, menos – que é relativamente lento. Se você se exercitar simultaneamente, perderá ainda mais. Como perder peso de forma rápida e eficaz? Coma menos! Brincadeirinha Vamos mais longe.
  2. Esta dieta é realmente eficaz por curtos períodos de tempo e, dependendo do seu peso inicial, permitirá que você perca peso rapidamente em uma semana ou duas por alguns, ou até mesmo uma dúzia de quilos.
  3. Uma dieta baixa em carboidratos seria ideal para aqueles que estão pensando em como perder peso de forma rápida e eficaz, se não por algumas desvantagens irritantes.
  4. Primeiro, é necessário descascar esta dieta com muito cuidado e suavidade, voltando ao normal com a ajuda de produtos naturais contendo carboidratos – vegetais, frutas e sucos. Se, ao final da dieta, você voltar repentinamente à sua dieta habitual, o corpo, encantado com o surgimento de uma fonte de energia, começará a esgotar vigorosamente as gorduras reservadas. Como resultado, depois de carboidratos baixos, é muito fácil recuperar seu peso antigo e até mesmo com um excesso.
Default

Exercícios do submundo que contribuem para perda de peso

Posted by Marie Simmons on

1. Trasters

Este exercício é claramente inventado no submundo. Primeiro, agache com uma barra no peito e, depois, sem parar, faça um empurrão no banco. É impossível andar devagar: você perderá velocidade e inércia e precisará de um passo extra para empurrar a barra para cima. Portanto, os propulsores são muito intensivos e gastam muita energia.

Calcadores carregar coxas e nádegas, ombros e costas bem. Também envolvido no trabalho dos músculos abdominais.

Escolha tal peso para executar 10 Trusters sem parar, ou melhor ainda – transforme-os em um treinamento intervalado e você se arrepende de ter nascido no mundo.

Em janeiro de 2010, o Conselho Americano de Exercício Físico ACE publicou os resultados de um estudo Examinadores de pesquisa exclusivos do ACE mostrando quantas calorias você pode queimar com um empurrão de peso.

Os sujeitos realizaram seis sacudidelas em 15 segundos e depois descansaram por 15 segundos. E assim 20 minutos. Aerobicamente, os participantes queimaram 13,6 kcal por minuto e anaeróbico – 6,6 kcal. Acontece 20,2 kcal por minuto e 404 kcal em 20 minutos!

Além de aumentar a queima de calorias, o jerk jerk é útil para bombear as costas e as pernas, fortalecendo os pulsos e a força de preensão. Exercício desenvolve resistência e velocidade, treina a coordenação dos movimentos.

Para queimar mais calorias, escolha cinco exercícios com pesos e complete três círculos de 15 repetições de cada um com intervalos de 30 segundos entre os exercícios. Acesse para saber mais em Onde comprar Kifina.

COMO PERDER PESO SEM GREVES DE FITNESS E FOME

A dieta americana é uma das formas mais populares de perder peso. Seguindo seus princípios, você pode perder 4,5 kg no primeiro mês e até 9 kg nos próximos seis meses. Você não precisa passar fome e exaurir-se com horas de treinamento na academia. A coisa mais importante nesta dieta – uma dieta equilibrada.

Estar acima do peso não é apenas uma aparência inestética, mas também muitos problemas de saúde. Isto é confirmado por cientistas pesquisadores. Recentemente, eles descobriram que a expectativa de vida de uma pessoa obesa de 3 a 10 anos é menor do que a de uma pessoa com peso médio. Além disso, mais de 80% de todos os casos de diabetes mellitus tipo 2 e um em cada três mortes por câncer estão associados ao excesso de peso. O risco de morte prematura aumenta, mesmo que a pessoa tenha 10 kg de excesso de peso.

Default

Problemas secundários com a impotência

Posted by Marie Simmons on

Impotência secundária é a mais amplamente distribuída tipo de disfunção erétil, e é descrito como o estado quando um homem é capaz de obter uma ereção, mas ele falhar uma ou duas vezes entre sexual normal de atividades. Outras causas de impotência incluem o consumo excessivo de álcool, uso de estrógenos por razões terapêuticas, paralisia dos nervos parassimpáticos que é um resultado da ingestão de alguns medicamentos químicos pesados.

A impotência é causada por problemas psicológicos ou problemas físicos ou às vezes ambos. Ele pode mudar a vida de uma pessoa e afeta a sua auto-estima. É uma doença comum, especialmente entre os idosos, e afeta pelo menos 10% a 15% (estimativa conservadora) de todos os adultos do sexo masculino. Outra importante causa da impotência é o trauma para a virilha. Em Freud a prática clínica de impotência psíquica foi altamente prevalente queixa. Secundário impotência é mais comum na meia-idade e idosos. Secundário impotência devido ao aumento da idade é comum se comparado ao principal impotência.

De acordo com os dados mais recentes da OMS, no mundo cerca de 150 milhões de homens sofrem de disfunção erétil de gravidade variável. Ao mesmo tempo, há uma clara tendência ascendente anual em seu número. Se você deixar as coisas seguirem o seu curso, em 20 anos o número aumentará pelo menos duas vezes, atingindo 320-330 milhões de pessoas. Saiba mais em Endoxafil.

O conceito de norma no contexto da vida sexual não é apropriado e muito condicional, pois cada um tem sua própria constituição sexual, a necessidade de satisfação sexual, suas próprias relações interpessoais com um parceiro. É igualmente normal fazer sexo uma vez por semana, uma vez por dia e cinco vezes por mês. Outra coisa é mais importante: se um homem tem desejo sexual e tem tudo para perceber isso livremente, ele pode ficar calmo por sua potência. Mas quando o desejo e as condições estão disponíveis, e a relação sexual devido à perda de uma ereção não pode ser iniciada ou completada completamente, é hora de falar sobre a disfunção erétil e, consequentemente, entender suas causas.

Default

Contribuem para o desenvolvimento da impotência

Posted by Marie Simmons on

Impotência , ou disfunção erétil – é a ausência completa ou parcial de ereção, em que a relação sexual total é impossível. Uma ereção tem seus picos altos e baixos dependendo do tempo, humor, saúde, etc. Portanto, problemas temporários com a ereção não são, em todos os casos, um sinal de impotência.

Contribuir para o desenvolvimento da impotência: alcoolismo, tabagismo prolongado, uso de drogas, prostatite, cuja causa mais comumente são doenças infecciosas não tratadas ou subtratadas sexualmente transmissíveis (clamídia, ureaplasmose), bem como vida sexual irregular, estresse e um estilo de vida inativo.


Além disso, uma ereção reduz o uso de drogas que inibem qualquer função do sistema nervoso central. Esforço físico excessivo, bem como o acúmulo de músculos enormes, “tomando” um grande número de hormônios sexuais, reduz a potência. Acesse AZ 21 Funciona.

A saúde sexual é um componente importante da saúde emocional e física geral de qualquer pessoa. Embora a disfunção erétil não ameace a vida humana, ela não pode, de forma alguma, ser considerada como um problema trivial.


Muitos homens com disfunção erétil sofrem em silêncio , pois acreditam que esse é um problema fictício e eles têm que aturar isso, porque eles estão envelhecendo ou porque nada pode ser feito sobre isso de qualquer maneira. Este artigo não pretende substituir uma conversa com um profissional médico apropriado. Seu objetivo é dizer aos homens que eles podem ser ajudados em nossa clínica.

O diagnóstico da disfunção erétil é multidisciplinar e deve ser realizado na íntegra. A medicina moderna alcançou um sucesso impressionante no tratamento da disfunção erétil e tornou esse problema resolvido com sucesso. Portanto, se você sofre de disfunção erétil, você não deve viver com esse problema e não fazer nada para superá-lo. Consulte a Rainha para um urologista qualificado , andrologista., um especialista no diagnóstico e tratamento da disfunção erétil, tais especialistas estão no centro médico “Saúde”. Após um exame minucioso, levando em conta as características individuais, o método de tratamento ideal para você será selecionado. O moderno arsenal terapêutico para a correção dos distúrbios eréteis está plenamente representado no serviço urológico da nossa clínica. Inclui tratamento medicinal com preparações de comprimidos, terapia erétil a vácuo (LOD – terapia), injeções de drogas que estimulam a ereção, terapia com biofeedback. A correção de fatores de risco para disfunção erétil ajudará a melhorar significativamente a ereção. Somente uma abordagem integrada para resolver o seu problema retornará à sua vida todas as alegrias da relação sexual total com a pessoa amada.